fbpx

Por que todos os carros já deveriam ter retrovisores eletrocrômicos?

Retrovisor eletrocrômico

Você já imaginou como seria a vida do motorista sem retrovisoresEsses pequenos dispositivos garantem muito mais segurança ao trânsito e assertividade aos motoristas. O objetivo dos retrovisores comuns e dos retrovisores eletrocrômicos é proteger a visão do condutor e manter a visibilidade do retrovisor mesmo quando luzes fortes incidem diretamente no espelho. Sem eles, não seria possível garantir vias seguras. 

A incidência de luz no retrovisor e seus perigos

Todos os retrovisores devem ser ajustáveis para que pessoas diferentes possam conduzir um mesmo veículo sem dificuldades na retrovisão. Além de ajustes de altura e posição, o retrovisor interno ainda precisa combater a incidência excessiva de luz que pode atrapalhar o motorista.

Um dos perigos de ter a visão ofuscada por luzes muito fortes durante a direção é a sensação de enxergar pontos escuros no campo de visão logo depois de ser atingido pelo brilho. Esse fenômeno se chama Efeito Troxler.

Para minimizá-lo, os retrovisores comuns contam com aquela pequena alavanca que fica na parte inferior do espelho que, quando acionada, funciona como um antiofuscante

Como funciona o retrovisor eletrocrômico

O retrovisor eletrocrômico tem a mesma função: ajustar a transparência de reflexo de acordo com a intensidade de luz projetada sobre ele. A diferença é que ele faz isso com muito mais precisão e de forma automática.

Em um retrovisor comum, que não requer energia elétrica para funcionar, o brilho excessivo de outros veículos ou do sol incide sobre o vidro e chega até o espelho que reflete esse brilho diretamente no rosto do condutor, com pouco ou nenhum impedimento.

Já o eletrocrômico é ativado quando o motorista inicia o veículo e não é necessário acionar qualquer dispositivo. Sua tecnologia conta com dois sensores de luz: um fica na parte de trás do dispositivo e faz a captação da luz ambiente, enquanto o outro fica na parte da frente e capta luzes que incidem diretamente no aparelho.

Entre o espelho, que é a última camada do retrovisor, e o vidro, que é a primeira, o dispositivo eletrocrômico ainda tem outras cinco camadas: duas que funcionam como eletrocondutores e, entre elas, três camadas que possibilitam a alta precisão do processo antiofuscante e sua automação. 

 

Retrovisores eletrocrômicos

Para funcionar, o retrovisor eletrocrômico requer apenas 12V de energia. Quando essa voltagem é aplicada nas camadas condutoras, a luz que incide no retrovisor se converte em energia elétrica e os íons da camada iônica migram para a camada eletrocrômica, oxidando o composto químico ali alojado, tornando-o mais escuro, o que limita a quantidade de luz refletida pelo espelho. 

Todo carro deve ter retrovisor eletrocrômico

Como demonstrado anteriormente, a tecnologia eletrocrômica oferece uma proteção antiofuscante proporcional à quantidade de luz que incide no retrovisor. Diferente da proteção mecânica (alavanca), que oferece apenas dois modos e não se ajusta à intensidade do brilho.

Ter um retrovisor eletrocrômico no interior do veículo não é luxo! É segurança e conforto para o condutor, os passageiros e o trânsito. Estudos mostram que o Efeito Troxler pode atrasar a reação de um motorista em até 1,4 segundos. Não parece muita coisa, mas se considerarmos a velocidade de um veículo a 100 km/h, o motorista pode conduzir 37 metros até que consiga reagir. E no trânsito, cada segundo importa! 

Por isso, já passou da hora de investir em retrovisores eletrocrômicos. A Metagal é referência no desenvolvimento de tecnologia para retrovisores. Conheça nossos produtos e agregue valor ao seu!

 

*

A Metagal, líder no mercado de espelhos retrovisores e no desenvolvimento de câmeras para monitoramento veicular, é um exemplo da constante busca por inovação. Há mais de 50 anos no setor, a empresa investe pesado em pesquisas, capacitação de seus profissionais e novas tecnologias automotivas.

Sem comentários. Faça o primeiro comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *