fbpx

Montadoras, inteligência artificial e a relação com clientes

montadoras

Alguma das grandes montadoras já te enviou um convite para o test-drive de um modelo novo que, de acordo com a mensagem, combina muito com você? Daqui em diante, esse atendimento personalizado, pessoal e direto será cada vez mais comum.

Presente em muitas empresas nichadas e menores, tal tipo de atenção não é fácil de oferecer aos clientes quando se produz e vende milhares de veículos todos os dias.

As tecnologias inovadoras, entretanto, surgem para preencher as lacunas do mercado. Com o auxílio do desenvolvimento de softwares que envolvam inteligência artificial, a ideia é que os clientes possam consultar, receber respostas e indicações 24 horas por dia, sem depender da presença humana.

Atualmente, a interação entre montadoras e consumidores finais é feita por meio de concessionárias, em alguns casos com a presença de call centers.

Os processos nem sempre são práticos, com o cliente tendo que dispor de grande parte de seu tempo para solucionar problemas ou ter resposta para suas dúvidas.

Então, o modo como as pessoas compram e como as concessionárias vendem deve ser transformado, com transições curtas e sem burocracias.

Investimentos em tecnologia

Segundo pesquisas da consultoria Frost & Sullivan, o mercado automobilístico deve investir 82 bilhões de dólares em novas tecnologias até 2020, com auxílio de 1,7 mil startups.

Já um estudo da empresa Elsevier, maior editora científica e médica do mundo, afirma que, nos últimos cinco anos, o número de pesquisas em inteligência artificial cresceu 12,9% anualmente.

A tendência, portanto, é que cada vez mais programas sejam desenvolvidos, quebrando a burocracia da rotina do cliente e otimizando a sua experiência. As montadoras e fornecedores também devem ser conectados, facilitando processos.

Coletando informações

O primeiro passo para as montadoras e fornecedores é reunir e interpretar um grande número de dados sobre seus clientes.

São diversas as informações que podem ser obtidas em formulários, landing pages, sites e redes sociais, além dos meios tradicionais.

Com todos os dados em mãos, é preciso confirmar que os consumidores têm o mesmo perfil traçado nos planejamentos. E, caso não tenham, entender quem são essas pessoas, quais as suas necessidades, gostos e preferências.

As ferramentas, então, devem rankear os clientes com critérios pré-estabelecidos pela empresa. Alguém que comprou mais do que um veículo nos últimos anos, por exemplo, deve ganhar mais pontos.

A partir desse ranking e análise de perfil, o software deve usar a inteligência artificial para contatar os consumidores com ofertas personalizadas de produtos ou serviços que conversem com seus gostos.

Para eles, a vantagem é ter um relacionamento individualizado, com ofertas que realmente interessem.

A nova comunicação

O caminho contrário, com o consumidor ativamente entrando em contato com a marca, também deve mudar.

Os chatbots são a grande aposta das montadoras e fornecedores. Os programas, capazes de reproduzir conversas como seres humanos, oferecem praticidade, redução de custos e mais eficiência, já que funcionam 24 horas por dia.

A longo prazo, é possível que os chatbots tenham em sua programação inúmeras variações de perguntas mais complexas, podendo fornecer respostas satisfatórias em geral.

Caso não sejam suficientes, o suporte humano deve prosseguir com a comunicação.

Além da resolução de problemas ou dúvidas, os programas também devem realizar vendas no futuro, contatando e respondendo o cliente em potencial.

Realizar uma compra pela internet, ir até o local determinado, entrar no carro e ir embora será uma realidade em alguns anos.

A Metagal, líder no mercado de espelhos retrovisores e no desenvolvimento de câmeras para monitoramento veicular, é um exemplo da constante busca por inovação. Há mais de 50 anos de no setor, a empresa investe pesado em pesquisas, capacitação de seus profissionais e novas tecnologias.

Sem comentários. Faça o primeiro comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *